sexta-feira, 22 de junho de 2012

Vocês sabem o que é superioridade? – 100 anos de FLA X FLU


Imagem cedida por: http://jmartistaplastico.blogspot.com.br/
Na vida, passamos por situações boas e difíceis muitas vezes ao mesmo tempo. Na vida, conhecemos pessoas boas e ruins muitas vezes ao mesmo tempo. Na vida, agimos com a coragem e a covardia muitas vezes ao mesmo tempo. Na vida, conhecemos o mesmo e valentia muitas vezes ao mesmo tempo. Na vida, nos deparemos com a bondade e com a falsidade muitas vezes ao mesmo tempo. Na vida, desfrutamos também, graças ao nosso bom Deus, do amor e da maldade muitas vezes ao mesmo tempo.

Há 13 anos, eu descobri o meu primeiro amor de verdade na vida. Começamos a namorar há pelo menos uns 25 anos atrás.  Foi amor à primeira vista e foi justamente depois de uma grande decepção que pude perceber o quanto eu o amava. Como já diz o ditado: “A primeira, sendo boa ou ruim, a gente nunca esquece”. Mas hoje eu agradeço aos céus, por ter tido esse primeira vez e talvez tiver encontrado a grande luz que pudesse iluminar toda a minha vida. Foi o meu o primeiro contato com o manto sagrado. Ser Flamengo é um algo há mais na vida de todo rubro-negro. Ser Flamengo é uma tremenda paz interior. Uma sensação eterna de por estar sempre de bem consigo mesmo, independente do que os outros dizem, pensam ou sentem.

Dezessete anos mais tarde, percebo que aquele dia 25 de junho de 1995 e aquele gol de barriga, me livraram da boca do inferno. Livrou-me também das almas transitórias que ficam por aí vagando querendo te levar para o purgatório custe o que custar. Almas que já estão no purgatório, mas que fazem questão de permanecer por lá. O grande prazer desses seres perdidos se resume em conseguir levar o maior número de almas para perto deles.
                
Desde então aprendi com ele, o pai do meu pai, um velhinho de 80 anos, que naquele dia ouvindo o jogo na caixinha comigo (para quem não sabe em 1995 ainda não existia TV a cabo e os jogos não eram transmitidos por TV aberta, apenas no rádio mesmo), me disse: “Filho, esse resultado para eles é como ganhar uma Copa do Mundo. Para nós, isso não passou de um jogo em que saímos do campo, perdedores de uma batalha. A guerra jamais será perdida. O teu sentimento é puro e eu sei muito bem o que está sentindo, mas acima de tudo, não se esqueça nunca: SOMOS RUBRO-NEGROS. Eleve sua alma a este sofrimento, porque isso será apenas passageiro. O nosso sentimento é, e sempre será SUPERIOR. Sabe por que? Porque nós somos o que somos, por nós mesmos e não dependemos de ninguém para sermos o que realmente somos. Amanhã você vai ouvir, mas também vai falar. Amanhã coisa que você não vai fazer é desaparecer. Dê a sua cara a tapa, mas nunca perca a sua honra. Isso é sentimento de covardes. Isso é para os fracos e oprimidos. Superioridade, meu filho, é mensurar o certo e o errado e optar sempre pelo o certo. Superioridade é errar e ter a dignidade para reconhecer o erro e corrigi-lo. Superioridade é poder falar independente de fazer sol ou chuva e não se sentir amordaçado ou envergonhado por isso. O interessante é que derrotas ou decepções nunca nos abalam. Pelo contrário, nos fazem fortes e nos ensinam a corrigir nossos erros para obter nossas vitórias e com o verdadeiro manto sagrado em mãos, você nunca se sentirá fraco, mesmo que perca algumas poucas batalhas. Você sempre será superior”.
                
Como já dizia Vinícius de Moraes: “Que me desculpem as feias, mas beleza é fundamental”. É assim que nos sentimos, porque é assim que somos: SUPERIORES a tudo e a todos. Que me desculpem os covardes, mas valentia é superioridade. Na vida, eu comemoro vitórias e derrotas. Até porque as minhas derrotas me conduzem as minhas vitórias.
                
É uma pena que esse sentimento não seja unânime em nossa sociedade. Até porque a grande maioria das pessoas, em suas derrotas, se escondem e não conseguem analisar porque se saíram perdedores. Somem feito poeira e só aparecem no outro carnaval. Por que será? Ainda bem que eu faço parte da grande maioria minoria desse mundo grandioso. Uma vez FLAMENGO sempre FLAMENGO...

Não importa o campo de batalha, sempre iremos te empurrar!
Saudações Rubro-Negras!
Flamengo Épico!
Rousseau da Nação.


Produtos do Flamengo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ÚLTIMAS POSTAGENS DO FLAMENGO ÉPICO!